[vc_row][vc_column width=”2/3″][vc_column_text]Já pensou em frequentar um estádio que pudesse ampliar ou reduzir sua estrutura de acordo com o número de visitantes? Variando conforme o número de sócios ou de investimento em cada temporada? Ou então, um estádio que pudesse ser transportado e montado no campo de outro clube em poucas semanas?


Nem sempre os torcedores tiveram importância para os donos das principais equipes esportivas.

Rubner Holzbau, que é fabricante de madeira, em parceria com a Bear Stadiums, desenvolveu um sistema construtivo com baixa emissão de carbono. As empresas estão focadas em projetos para estádios de futebol. Mas explicam que esportes praticados ao ar livre, como críquete, beisebol ou rúgbi também podem ter estádios construídos com o sistema pré-fabricado de madeira.

O sistema pode ser transportado e montado facilmente no local da obra. Possui configurações para construção de pequeno e médio porte, de 1.500 até 20.000 espectadores no estádio e com opções diferentes de arranjos de arquibancadas.

 

Como a estrutura é feita?

A madeira maciça é utilizada como principal matéria prima, o sistema construtivo emite poucos gases de efeito estufa. Isto acontece porque a madeira “sequestra” o carbono da atmosfera em seu crescimento. O arquiteto da Bear Stadiums, Jaime Manca di Villahermosa, diz que “As nossas florestas não exigem nenhuma forma de energia [externa] para crescer e se desenvolver”.

O sistema Glulam, como é conhecido, é feito da utilização de madeira maciça composta, que é colada em tiras individuais segundo o sentido das fibras naturais. Ele oferece grande eficiência de resistência em relação ao peso, até mesmo quando comparado com o aço e o concreto.

A Bear Stadiums faz uso de treliças espaciais em seu sistema modular para suportar as cargas estruturais verticais e também horizontais. Elas são conectadas por meio de um sistema de juntas metálicas, ancoradas a uma plataforma de concreto.

Villahermosa acredita que, mesmo robusto, o sistema é extremamente flexível. A equipe do Bear Stadiums trabalha com ferramentas de projeto 2D e 3D da Autodesk, tanto para o layout geral quanto para o detalhamento do projeto executivo, conta o arquiteto. Para ele, a utilização de painéis fotovoltaicos e turbinas eólicas fará com que as estruturas funcionem sem depender da rede elétrica. Dessa forma, a pegada de carbono diminuirá ainda mais, mesmo com a grande demanda energética em dias de jogos.[/vc_column_text][vc_single_image image=”12265″ img_size=”full” alignment=”center”][vc_custom_heading text=”Fonte: Archdaily” font_container=”tag:h2|font_size:12|text_align:center” google_fonts=”font_family:Roboto%3A100%2C100italic%2C300%2C300italic%2Cregular%2Citalic%2C500%2C500italic%2C700%2C700italic%2C900%2C900italic|font_style:400%20regular%3A400%3Anormal” link=”url:http%3A%2F%2Fwww.archdaily.com.br%2F|||”][vc_column_text]

Inúmeros benefícios da madeira

Com projeção de custos mais baixos do que os estádios tradicionais, o projeto da Bear Stadiums está atraindo o interesse de clubes de futebol das duas principais ligas da Itália. Em apenas oito meses de obra é possível finalizar as estruturas mais compactas.

Os estádios também oferecem diversas comodidades para seus torcedores, possuindo interiores similares aos de estádios convencionais.

Além da praticidade, o sistema possui também garantia de 50 anos, uma vida útil bem maior que a maioria dos estádios. A madeira é capaz de oferecer resiliência e durabilidade através de suas propriedades únicas. Por não absorver tanto calor, a madeira é uma ótima opção para estruturas ao ar livre.

Estruturas modulares podem abrigar não somente eventos esportivos, bem como outras atividades durante todo o ano, deixando de ser apenas um local esportivo sazonal e passando a ser uma estrutura comunitária para utilidade pública.[/vc_column_text][vc_column_text]Confira as vantagens desse sistema:

  • Obra rápida e limpa
  • Versatilidade: pode ser aplicado no fechamento de edifícios de até quatro pavimentos e projetos comerciais
  • Possibilidade de reciclagem do aço
  • Custos previsíveis
  • Facilidade de execução e manutenção

 

Wood Frame

Com estrutura feita por painéis de madeira, o Wood Frame já é muito utilizado em países como Alemanha, França e Inglaterra. No Brasil, a tendência chegou em 1990, mas só vem ganhando destaque nos últimos anos.

Sua estrutura forma placas vazadas que posteriormente são fechadas por painéis de vedação. A distribuição das cargas em todas as paredes e não apenas em pontos concentrados, torna a construção bem estável. Sua leveza também auxilia na montagem. E para melhorar seu isolamento térmico e acústico é possível usar materiais no meio das paredes, como lã de vidro e EPS.[/vc_column_text][vc_single_image image=”12266″ img_size=”full” alignment=”center”][vc_custom_heading text=”Fonte: Archdaily” font_container=”tag:h2|font_size:12|text_align:center” google_fonts=”font_family:Roboto%3A100%2C100italic%2C300%2C300italic%2Cregular%2Citalic%2C500%2C500italic%2C700%2C700italic%2C900%2C900italic|font_style:400%20regular%3A400%3Anormal” link=”url:http%3A%2F%2Fwww.archdaily.com.br%2F|||”][vc_column_text]Gostou do artigo? Sabemos que bons profissionais estão sempre procurando por novidades para gerir a sua obra da melhor forma. Utilize o Sistema de Gestão Obrafit e tenha maior controle do andamento da obra![/vc_column_text][vc_column_text css=”.vc_custom_1517597523107{padding-top: 20px !important;padding-bottom: 30px !important;background-color: #63c934 !important;}”]

Experimente 30 dias grátis

[/vc_column_text][vc_column_text]Para assinar o sistema, basta acessar obrafit.com.br e escolher o plano mais adequado às suas necessidades, instalando o aplicativo móvel complementar via Google Play ou Apple Store. E mais! O sistema com todas as funcionalidades está disponível por 30 dias grátis! Crie agora a sua conta!

[/vc_column_text][vc_empty_space height=”10″][vc_column_text]Entre em contato com o Obrafit: [email protected]

Artigos Relacionados: Scanner 3D para a construção civil chega no Brasil Novidades melhoram a produtividade nos canteiros de obras

[/vc_column_text][/vc_column][vc_column width=”1/3″ offset=”vc_hidden-xs”][vc_widget_sidebar sidebar_id=”sidebar-right”][/vc_column][/vc_row]